Hidratação da pele

Hidratação da pele: A água que hidrata a pele provém das camadas inferiores da pele (epiderme e derme), hidratando toda a pele e evaporando na superfície rumo à atmosfera.

Esta é a chamada perda de água transepidérmica. A pele mantém sua hidratação por meio do manto hidrolipídico (emulsão hidratante natural da pele). Importante para manter a lubrificação da pele, protegendo-a contra a evaporação excessiva de água e contra microorganismos, desempenhando a "função barreira" e permitindo à pele lutar contra a humidificação e o ressecamento.

É formada pelas secreções da pele que são eliminadas para a superfície onde se misturam, variando com o tipo de pele, local do corpo, sexo, idade , com as condições climáticas e com o uso de produtos tópicos como sabão e detergentes.

A pele se comporta como uma eficiente barreira, impedindo o ressecamento do organismo e protegendo das agressões externas, tanto mecânicas quanto físicas, químicas e microbianas.

Uma pele hidratada é caracterizada pela maciez, elasticidade e suavidade, de modo que estas características estão diretamente relacionadas ao teor de umidade do extrato córneo (a camada mais superficial da pele).

DIMINUIÇÃO DO TEOR DE UMIDADE.

Alteração do metabolismo;

Envelhecimento das fibras proteicas de colágeno e elastina irrigação sanguínea periférica alterada.

ENTENDENDO A COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA PELE.

Água: encontrada em 70% da composição química da pele.

Sais Minerais: metais como sódio, potássio, magnésio, cálcio, ferro, cobre, zinco, manganês, enxofre, fósforo e iodo.

Protídeo: encontrado em 27,5% da composição da pele.

Aminoácidos: tirosina, cistina, hidroxiprolina da pele.

Proteínas: colágeno, elastina, queratina, ácido hialurônico, ácidos nucléicos, uréia e outros.

Enzima e hormônios.

Lipídios: fosfolipídeos, esqualeno, colesterol, ácidos graxos, etc.

Glicídios: glicose, glicogênio, etc.

FLORA CUTÂNEA.

Existem dois tipos de flora cutânea: 

Flora cutânea permanente (germes saprófitos): normalmente não causam problema para o homem.

Flora cutânea ocasional patogênica: por contaminação ou multiplicação exagerada de germes saprófitos.

Flora saprófita: defendem a pele contra a infecção.

Mecanismo de Hidratação da Pele Externa

Hidratação da pele para produtos tópicos ocorre por:

Oclusão: ingredientes lipídicos (emolientes).

Umectação: substância que retém água na superfície da pele.

Hidratação ativa: emulsões - produtos destinados a promover a hidratação da pele, tais como cremes ou loções cuja fase lipídica promove a oclusão e a fase aquosa possui ingredientes higroscópicos que propiciam a umectação (hidratação) da pele.

PRINCÍPIOS ATIVOS NOS HIDRATANTES.

Ceramida;

Esqualeno;

Olesterol;

PCA;

ADN;

NMF;

Lactato de Amônia;

Uréia;

Alfa-hidroxiácido (ácido glicólico e ácido láctico);

Oligoelementos;

Fosfolipídeos;

Ácido hialurônico. 

Veja mais sobre hidratação da pele.



Deixe seu recado

Entre em Contato

SP (11) 4063.3338
RJ (21) 4063.8333
RS (51) 4063.8333
PE (81) 4062.9919

Newsletter


Clínica Leger

Selo de Qualidade:

Abratus:

CNPQ:


® Todos os direitos reservados - Clínica Leger 2015.

Diretor técnico médico:
RJ Dra. Gina Matzenbacher DERMATOLOGIA CRM-RJ 854492/RQE 20820 
RS Dra. Danuza Dias Alves CRM-RS 36568
SP Dr. Roberto Chacur CIRURGIA GERAL CRM-SP 124125/RQE 33433 
PE Dr. Roberto Chacur CRM-PE 22670

* As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional e de nenhuma forma devem ser utilizados para autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.

Desenvolvido por