Hidratação da pele

Hidratação da pele: A água que hidrata a pele provém das camadas inferiores da pele (epiderme e derme), hidratando toda a pele e evaporando na superfície rumo à atmosfera.

Esta é a chamada perda de água transepidérmica. A pele mantém sua hidratação por meio do manto hidrolipídico (emulsão hidratante natural da pele). Importante para manter a lubrificação da pele, protegendo-a contra a evaporação excessiva de água e contra microorganismos, desempenhando a "função barreira" e permitindo à pele lutar contra a humidificação e o ressecamento.

É formada pelas secreções da pele que são eliminadas para a superfície onde se misturam, variando com o tipo de pele, local do corpo, sexo, idade , com as condições climáticas e com o uso de produtos tópicos como sabão e detergentes.

A pele se comporta como uma eficiente barreira, impedindo o ressecamento do organismo e protegendo das agressões externas, tanto mecânicas quanto físicas, químicas e microbianas.

Uma pele hidratada é caracterizada pela maciez, elasticidade e suavidade, de modo que estas características estão diretamente relacionadas ao teor de umidade do extrato córneo (a camada mais superficial da pele).

DIMINUIÇÃO DO TEOR DE UMIDADE.

Alteração do metabolismo;

Envelhecimento das fibras proteicas de colágeno e elastina irrigação sanguínea periférica alterada.

ENTENDENDO A COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA PELE.

Água: encontrada em 70% da composição química da pele.

Sais Minerais: metais como sódio, potássio, magnésio, cálcio, ferro, cobre, zinco, manganês, enxofre, fósforo e iodo.

Protídeo: encontrado em 27,5% da composição da pele.

Aminoácidos: tirosina, cistina, hidroxiprolina da pele.

Proteínas: colágeno, elastina, queratina, ácido hialurônico, ácidos nucléicos, uréia e outros.

Enzima e hormônios.

Lipídios: fosfolipídeos, esqualeno, colesterol, ácidos graxos, etc.

Glicídios: glicose, glicogênio, etc.

FLORA CUTÂNEA.

Existem dois tipos de flora cutânea: 

Flora cutânea permanente (germes saprófitos): normalmente não causam problema para o homem.

Flora cutânea ocasional patogênica: por contaminação ou multiplicação exagerada de germes saprófitos.

Flora saprófita: defendem a pele contra a infecção.

Mecanismo de Hidratação da Pele Externa

Hidratação da pele para produtos tópicos ocorre por:

Oclusão: ingredientes lipídicos (emolientes).

Umectação: substância que retém água na superfície da pele.

Hidratação ativa: emulsões - produtos destinados a promover a hidratação da pele, tais como cremes ou loções cuja fase lipídica promove a oclusão e a fase aquosa possui ingredientes higroscópicos que propiciam a umectação (hidratação) da pele.

PRINCÍPIOS ATIVOS NOS HIDRATANTES.

Ceramida;

Esqualeno;

Olesterol;

PCA;

ADN;

NMF;

Lactato de Amônia;

Uréia;

Alfa-hidroxiácido (ácido glicólico e ácido láctico);

Oligoelementos;

Fosfolipídeos;

Ácido hialurônico. 

Veja mais sobre hidratação da pele.



Deixe seu recado

Entre em Contato

SP (11) 4063-3338
RJ (21) 4063-8333
RS (51) 4063-8333
PE (81) 3552-5618

Newsletter


Redes Sociais


® Todos os direitos reservados - Clínica Leger 2014. RESPONSÁVEL TÉCNICO: Dr. Roberto Chacur CRM-SP 124125. As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional e de nenhuma forma devem ser utilizados para autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.

Desenvolvido por